Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/maringay/public_html/wp-content/themes/prolog/admin/extensions/customizer/extension_customizer.php on line 312

Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/maringay/public_html/wp-content/themes/prolog/admin/extensions/customizer/extension_customizer.php on line 325

Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/maringay/public_html/wp-content/themes/prolog/admin/extensions/customizer/extension_customizer.php on line 351

Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/maringay/public_html/wp-content/themes/prolog/admin/extensions/customizer/extension_customizer.php on line 363

Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/maringay/public_html/wp-content/themes/prolog/admin/extensions/customizer/extension_customizer.php on line 382
AMLGBT acredita que o Jadson Gabriel foi vítima de LGBTfobia
AMLGBT acredita que o jovem foi vítima de LGBTfobia

AMLGBT acredita que o Jadson Gabriel foi vítima de LGBTfobia

O jovem Jadson Gabriel, que foi brutalmente agredino no ultimo sábado (9), pode ter sido vitima de LGBTfobia, devido as características do ataque, segundo a Associação Maringaense LGBT (AMLGBT). Veja a nota da associação:

A AMLGBT tem participado ativamente da luta pelos direitos de pessoas LGBT, além de combater todas as formas de preconceito e exploração sexual, incentivando e apoiando as pessoas oprimidas.

A Associação tem feito com afinco a reivindicação de uma política de educação sexual nas escolas, livre de preconceito e discriminação, visando, principalmente, o bem estar das pessoas LGBT na escola e na sociedade.

É papel fundamental da AMLGBT promover, de modo democrático e pacífico, ações contestatórias a toda e qualquer forma de cerceamento da livre expressão das sexualidades, Direitos Humanos e Cidadania.

Sendo assim, a AMLGBT repudia toda forma de violência contra todas as pessoas e, em especial contra a população LGBT. Repudiamos a violência praticada contra o Jadson Gabriel, na madrugada do dia 9 de janeiro.

Defendemos que as investigações sejam feitas de maneira a descobrir se foi, de fato, um crime de LGBTfobia, dadas as características do mesmo. Que os criminosos sejam encontrados, julgados e punidos com o rigor da Lei.